A coleira gentle leader realmente funciona Categoria: Comportamento | 3 de Outubro de 2011 | Por: Aline Ailetos 0

Os passeios com os cães por aqui eram quase um martírio. O Otto com toda a sua disposição e força, sempre puxou muito. Se quem o “conduzia” tentasse mantê-lo ao seu lado, deixando justa a guia, ele entortava o corpo até que com as pernas ele quase derrubasse o “condutor”. Estávamos sempre sob risco de queda e constrangimentos. E sempre saíamos torcendo para que não encontrássemos mais nenhum cão passeando, porque então era quase impossível segurá-lo. Normalmente apenas meu pai podia sair com o Otto.

Depois de anos desta luta e de o Otto se lesionar após um passeio, decidimos comprar a coleira gentle leader, mas sem muitas esperanças de sucesso. No entanto, tivemos uma grata surpresa. A coleira tirou toda a capacidade dele de puxar. Como ela passa pelo pescoço e focinho e é presa na guia na parte da frente do pescoço, embaixo do focinho, se ele puxa, a cabeça vira e ele não consegue andar. Agora realmente podemos conduzí-lo.

Outra melhora no passeio foi com relação ao comportamento da Ivvi. Com a agitação dele, ela andava latindo logo que saíamos de casa e por uma boa parte do percurso. Desde que começamos a sair com a gentle leader nele, ela parou com este comportamento. Assim, estamos todos satisfeitos por aqui, exceto o Otto, que ainda não se conformou com algo laçando seu focinho. Ele anda e passa as patas no focinho, tentando se livrar da coleira. Como esta aquisição ainda é recente, acreditamos que ele ainda irá se acostumar. Com esta experiência portanto, recomendo fortemente a coleira gentle leader a quem tem problemas ao passear com cães puxadores.

Crédito da foto: MyFavoritePetSitter

Aline Ailetos

Blog | Twitter | Facebook | Google+

Introvertida, observadora, bióloga de formação. Apaixonada pelos bichos de estimação e sensibilizada pela causa animal. Defensora da guarda responsável de animais domésticos.

© Meu dono é o bicho - Todos os direitos reservados.
Não é permitida a cópia parcial ou total deste texto. Plágio é crime previsto pela Lei nº 9610/08.

Comentar

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados por *

*
*