A louca dos gatos Categoria: Conversa | 27 de Setembro de 2011 | Por: Aline Ailetos 0

Quantos animais ainda vão pagar com a vida pela ignorância humana? Acabo de ouvir uma história de um amigo dos meus pais que me deixou estarrecida. Crianças, em geral, têm muito apreço por bicho, mas quando fogem a esta regra, costumam ser muito crueis. O cidadão em questão, matava a tijolada os filhotes que seus gatos geravam. Segundo ele, era um divertido mecanismo de controle de natalidade. Alguns gatos adultos tinham que ser assassinados também, então estes eram lançados aos cachorros. Até posso tentar compreender uma criança que foi ensinada pelo pai a achar isso o certo a se fazer. O que não dá para aceitar é um homem adulto e esclarecido (?) contando o feito e relembrando a diversão que era. Aos que não acham que isto seja um absurdo, gostaria de lembrar que atos como este são crimes previstos pelo decreto de lei nº 24.645 de 1934 e pela lei federal nº 9.605 de 1998. Ninguém pode sair matando bicho por aí da maneira que bem entende.

Crédito: jillallyn

É incrível como ainda hoje, muita gente não se choca com comportamentos deste tipo. Preferem ridicularizar uma pessoa que criou um santuário e mantém 700 gatos em 12 hectares, investindo em cuidados veterinários, esterilização e promovendo adoções. O absurdo é uma pessoa PRECISAR cuidar de 700 gatos. De onde vem estes animais? Em boa parte dos casos, de lares em que não são mais bem-vindos. É isto que me deixa chocada, a falta de responsabilidade das pessoas, a crueldade, a mania de julgar quem se importa e faz alguma coisa e o riso quando ouvem que alguém matou gatos a pedradas na infância.

Diante desta realidade, permito-me lamentar profundamente por fazer parte da mesma espécie. Espero que um dia o homem abandone de vez este pensamento antropocêntrico tão arcaico.

Aline Ailetos

Blog | Twitter | Facebook | Google+

Introvertida, observadora, bióloga de formação. Apaixonada pelos bichos de estimação e sensibilizada pela causa animal. Defensora da guarda responsável de animais domésticos.

© Meu dono é o bicho - Todos os direitos reservados.
Não é permitida a cópia parcial ou total deste texto. Plágio é crime previsto pela Lei nº 9610/08.

Comentar

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados por *

*
*