Dicas de cuidados para gatos – Segurança Categoria: Cuidados | 14 de Março de 2012 | Por: Aline Ailetos 6

Ao adquirir um gato adulto ou filhote tenha em mente que é preciso zelar pela sua segurança. Para isso é indispensável providenciar telas para janelas e muros para evitar o acesso do seu gato à rua, além de tornar sua casa livre de perigos, tirando produtos e objetos perigosos do alcance do felino.

Este artigo faz parte da série Dicas de cuidados para gatos.

No artigo anterior eu abordei os cuidados básicos necessários com a saúde dos nossos gatos. No artigo de hoje eu trago dicas de cuidados relativos à segurança, que também são indispensáveis para se criar um gato. Assim como ocorre com a saúde, o dono é responsável por zelar pela segurança do seu animal de estimação, a qual é também um preceito da guarda responsável.

Leia também: Alguns tópicos sobre a guarda responsável

 

Telas

Logo no início ou mesmo antes de adquirir um gato, é fundamental avaliar se a casa está pronta para garantir as melhores condições de vida e de bem-estar ao seu bichano. Para isso, é preciso considerar algumas questões. A primeira delas é se há telas ou grades nas janelas ou nos muros que evitem o acesso do felino às ruas.

Leia também: Preservando a vida dos nossos gatos

Apesar do senso comum, que defende que os gatos devem ser livres para saírem de casa e darem suas voltinhas pela rua, a vida moderna, com as cidades populosas e o trânsito de veículos intenso, associada à maldade humana, esta não tão moderna assim, fazem com que os passeios dos gatos fora de casa se tornem muito perigosos. Estes perigos reduzem drasticamente a expectativa de vida destes felinos domésticos, uma vez que os gatos, que podem viver até 20 anos, acabam morrendo em consequência das ruas com uma média de idade menor do que cinco anos. E quando não morrem, os acidentes ou maldades sofridos nas ruas podem deixar sequelas, como por exemplo membros amputados, aos gatos para o resto de suas vidas.

Se não bastassem os perigos causados pelos seres humanos, existem doenças transmitidas entre os gatos, como a leucemia e a aids felinas (FELV e FIV), que não têm cura, apenas o tratamento para o controle dos sintomas, e que podem levar o gato portador à morte. Além destas ainda existem as zoonoses, como a toxoplasmose e a esporotricose, que podem ser adquiridas pelos seu gato nas ruas e transmitidas a você e a sua família.

Ainda, telas em apartamentos evitam quedas, outro grande perigo para os felinos e que é muitas vezes fatal. Com isso, por mais que existam gastos para a instalação de telas, estes se tornam muito inferiores aos eventuais tratamentos de urgência ou para o controle e cura de doenças adquiridas pelos seus gatos nas ruas. Para mim, não telar a sua casa é uma economia que pode sair muito caro.

 

Segurança dentro de casa

Apesar de os maiores perigos para os gatos serem encontrados nas ruas, é preciso tomar certos cuidados também dentro de casa. Quando se adquire um gato é preciso considerar se existem objetos perigosos, plantas ou produtos tóxicos que podem estar ao alcance do gato. Lembre-se que gatos são ótimos saltadores e escaladores e que adoram andar por locais altos. Muitas coisas que cães, crianças ou até mesmo você não alcança podem estar acessíveis a um gato.

Assim como ocorre quando se tem criança em casa, produtos de limpeza e remédios devem ser mantidos escondidos, guardados em armários e, preferencialmente, trancados pois alguns gatos sabem abrir armários e gavetas. Em dias de limpeza, procure manter seu gato restrito a um cômodo para que ele não tenha acesso ao ambiente ainda úmido do produto. Isso até facilita a limpeza, pois alguns gatos adoram “ajudar” a limpar, caçando panos e vassouras!

Além dos produtos de limpeza e remédios, cuidado com venenos para insetos, incluindo-se os insetos já envenenados. Eu procuro evitar que eles brinquem com insetos quando vejo e como tenho pavor de barata, o que não me permite matá-la a chineladas, eu utilizo álcool em um borrifador, já que não é aconselhável utilizar inseticida.

Outra preocupação que se deve ter é com relação a plantas venenosas. O ideal é que você não tenha qualquer planta que possa ser venenosa aos gatos, pois mantê-la longe do alcance destes bichos é bastante difícil. Assim como as plantas, alguns alimentos são tóxicos aos gatos. Dessa forma, cuidado com os alimentos deixados sobre mesas e pias.

Outros perigos de casa para os nossos gatos são também os fios elétricos. Gatos filhotes adoram roer fios, o que pode ser muito perigoso se este estiver ligado à corrente elétrica. Em suas correrias, os gatos ainda podem tropeçar em fios e derrubar equipamentos, o que torna aconselhável manter os fios escondidos atrás de móveis ou em canaletas. Fios de lã, fitas, plásticos e objetos pequenos podem ser engolidos pelos gatos, o que pode asfixiá-los e até bloquear o trato gastrointestinal, sendo necessária a intervenção cirúrgica.

Crédito: zeevveez

Com estes cuidados básicos com a segurança do seu gato, ele viverá por longos anos e você não terá sobressaltos.

Aline Ailetos

Blog | Twitter | Facebook | Google+

Introvertida, observadora, bióloga de formação. Apaixonada pelos bichos de estimação e sensibilizada pela causa animal. Defensora da guarda responsável de animais domésticos.

© Meu dono é o bicho - Todos os direitos reservados.
Não é permitida a cópia parcial ou total deste texto. Plágio é crime previsto pela Lei nº 9610/08.

6 Comentários

  1. 13 de Março de 2013 às 5:24 pm
    Cacilda

    Oi Aline tudo bem? espero que sim!!
    Posso encerar minha sala e quarto p conservação da madeira? se encero quanto tempo devo deixar o gato na area de serviço?
    Barata tenho pânico, dedetizo com um produto que não faz mal para os animais, dedetizei com o periquito tuim e o profissional assinou um termo de responsabilidade caso acontecesse algo com meu lorinho.
    É um gel q fica dentro de armarios, lugares onde os animais não tem acesso, se for nas gavetas eles tiram as gavetas colocam o gel, facilta a limpesa e não sai o produto.
    Sou alergica e enseticida não posso, vc ainda consegue matar a barata , eu corro gritando..rsrs..

    • 16 de Março de 2013 às 9:27 am
      Aline Ailetos

      Oi Cacilda,
      Eu na verdade quando tenho a opção saio correndo e chamo alguém para matar a barata… rs! O álcool é para quando estou sozinha mesmo.
      Sobre encerar sua sala e quarto, deixe o seu gato na área de serviço enquanto o cheiro estiver forte e espere até que ela seque bem. O ideal seria conversar com o veterinário sobre isso.

  2. 16 de Março de 2013 às 10:45 am
    Cacilda

    Obriga Aline, vou conversar com o veterinário, já usei um produto receitado pelo veterinario p passar no piso e tapete, como ele veio da rua veio cheio de pulgas e por mais que tratava das pulgas sempre aparecia, falei com o veterinario e foi que ele me indicou esse produto. Era p deixar o gato 2 hs longe do local que passou o produto, mas deixei 6 hs.
    O ideal mesmo é piso frio que vc pode lavar né? mas quando reformei meu apto troquei os tacos, e passei cascolac e agora nem pensar em gastar mais com reformas, o piso frio no inverno deixa o apto muito frio e sou muito friolenta.. rsrs

    • 21 de Março de 2013 às 5:47 pm
      Aline Ailetos

      Oi Cacilda,
      O piso frio é realmente mais fácil de limpar, mas os tacos parece que mantêm a casa mais quentinha mesmo!

  3. 21 de Março de 2013 às 8:53 pm
    Cacilda

    Aline apto não pega sol pq não tem o telhado como as casas então sempre é mais frio.
    Mas p tudo se dá um jeito, qto a encerar ele disse que pode, deixei o Nick na area de manhã com solzinho quente, coloquei o Lorinho no meu quarto p tomar um solzinho tb e fechei a porta.
    Encerei apenas a sala e o quarto dos meus filhos, na minha area de serviço tem um banheiro que foi desativado reformado e tem uma porta sanfonada, o Lorinho dorme la, e tenho que fazer ninho de jornal , ele acostumou com ninho qdo filhotinho e não fica sem o ninho.
    Como quero ver os dois felizes e dar amor a ambos, levo o Lorinho p meu quarto e fico brincando com ele bastante.
    Depois fecho as portas que dão acesso na area e levo o Lorinho p o cantinho dele.
    O Lorinho é meu xodozinho, 17 anos comigo é um amor imenso.
    Amo todos os animais, só não posso ter um cachorro pq moro em apto.

    • 27 de Março de 2013 às 12:46 pm
      Aline Ailetos

      Olá Cacilda,
      Que bom que deu tudo certo ao encerar seu apto! Fico muito feliz ao saber de sua dedicação aos seus animais! Abraços.

Comentar

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados por *

*
*